Publicado em 04/06/2010 por Adagilson Batista

Microbiologia

 
 

 

 
microbiologia2
O Departamento de Microbiologia tem suas origens no Laboratório de Peste do então Instituto Aggeu Magalhães (IAM), atual Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães (CPqAM), e no Plano Piloto de Peste, uma unidade de campo da instituição, instalada na cidade de Exu, no Sertão de Pernambuco. Ambos pertenciam ao extinto Instituto Nacional de Endemias Rurais (INERu) que, nas décadas 1960 e 1970, atuaram no diagnóstico e na realização de pesquisas sobre a peste (Peste bubônica ou Peste Negra), infecção causada pela bactéria Yersinia pestis.

A partir da década de 1980, o departamento começou a expandir sua área de atuação com pesquisas sobre a leptospirose e enterobactérias e, a partir de 1995, teve seu quadro funcional ampliado através da contratação de novos servidores por concurso público e por transferência de outras unidades administrativas do CPqAM.

Com a transferência para as suas instalações definitivas em 2009, a área física do departamento é composta pelo Laboratório Principal, situado no andar térreo do Bloco B do CPqAM (253 m2), e pelo Laboratório Anexo, situado no primeiro andar do mesmo prédio (70 m2). O Laboratório Principal é sede do Serviço de Referência de Peste e de boa parte das pesquisas realizadas pelo departamenteo. O Laboratório Anexo sedia os trabalhos em Biologia Celular de Tripanosomatídeos e também, no que concerne as atividades de gestão, coordena projetos de gerenciamento de resíduos do CPqAM.

Atualmente o Departamento de Microbiologia desenvolve atividades em pesquisa básica e aplicada voltada ao estudo de diferentes microorganismos patogênicos, entre bactérias e protozoários, e orienta projetos em nível de iniciação científica e pós-graduação do CPqAM, Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) e Universidade de Pernambuco (UPE). Várias colaborações com outros centros científicos já foram estabelecidas.

O Departamento de Microbiologia também é sede do Serviço Nacional de Referência em Peste Bubônica. Este serviço contribui para o controle da peste no Brasil produzindo insumos estratégicos, pesquisando novos métodos diagnósticos, capacitando profissionais, supervisionando atividades e elaborando e atualizando normas que aumentaram a eficácia do Programa de Controle da Peste.

O Departamento mantém, ainda, duas coleções de culturas microbiológicas reconhecidas pelo Fórum Permanente de Coleções de Culturas da Fiocruz: Coleção de Yersinia spp e a Coleção de Bactérias NB2, além de uma soroteca contendo soros humanos e animais.
 

Contato

Christian Reis (Chefe do Departamento)

Fernanda Pimentel (Secretária)

Telefones: 55 81 2101-2647 / 2101-2697

Mariobet nasil

bahis

hint filmi izlehep yek 2 izletüvtürk randevu